segunda-feira, 19 de outubro de 2015

E ASSUERO?

E ASSUERO?
Assuero foi um rei persa que reinou sobre 127 províncias, desde a cidade de Susã, até a Índia e Alto Nilo.
Aos 32 anos de idade, já casado e pai de alguns filhos, Xerxes embora não fosse o filho mais velho de Dario, e possuía alguns irmãos mais velhos, era desde sua adolescência o favorito a assumir o trono, principalmente por sua linhagem sanguínea, pois era descendente de Ciro, o Grande, sendo o neto mais velho deste. Sua coroação foi cheia de pompa, e o dia da coroação fora decretado feriado nacional, e o povo foi incentivado a festejar a coroação do rei.
Fez de Vasti sua rainha.
No terceiro ano do seu reinado, o rei ofereceu uma festa de 180 dias para os nobres e oficiais do reino.
A festa foi seguida de sete dias de banquete.
No sétimo dia do banquete, quando já estava bêbado, Assuero pediu que Vasti desfilasse diante dos convidados.
Vasti negou seu pedido.
O rei ficou enfurecido, e, seguindo o conselho dos oficiais embriagados, divorciou-se dela.
Após retomar a sobriedade, arrependeu-se da decisão precipitada que tomara, mas, de acordo com a lei persa, o pedido não podia ser anulado. (Et 1.1--2.1).
A fim de acalmar o rei, foi feita uma busca em todo o reino para encontrar a nova rainha.
Uma linda jovem judia virgem, Ester, que significa "estrela", venceu o concurso de beleza e passou a ser a nova rainha.
Ester, porém, não revelou sua nacionalidade judaica de imediato.
Logo após o casamento, Mardoqueu, primo de Ester que criara como filha, descobriu e reportou uma cilada contra a vida do rei. Os supostos assassinos foram imediatamente presos e enforcados. (Et 2.2-23).
Tumba de Dario, o Grande em Naqsh-e Rustam,
 hoje no Irã. No mesmo monte foram
 enterrados outros governantes,
o que inclui também o próprio Xerxes.
Assuero foi convencido por Hamã, o mais novo primeiro-ministro, a assinar uma lei para que todos os judeus do reino fossem destruídos. (Et 3.1-15).
Quando ouviu sobre a cilada, Ester arriscou a vida ao entrar na sala do trono sem avisar. A pedido de Ester, o rei aceitou comparecer ao banquete que ela mesma prepararia somente para ele e Hamã. (Et 4.1--5.14).
Durante a noite, o rei pediu que lessem o livro do registro das crônicas para ele, na esperança de que a leitura lhe causasse sono.
Mas, ouviu nos relatos que Mardoqueu lhe havia salvado a vida e resolveu recompensá-lo.
Hamã chegou ao palácio, com a esperança de receber permissão para enforcar Mardoqueu.
Ironicamente, Hamã foi obrigado a preparar um desfile de honra a Mardoqueu. (Et 6.1-14).
Ester revelou a Assuero a cilada de Hamã para matar a ela e seus compatriotas.
Hamã não sabia que Ester também era judia e implorou por misericórdia.
O rei, no entanto, presumiu que ele soubesse e ordenou que fosse enforcado na forca que havia preparado para Mardoqueu.
Assuero deu a Ester a casa de Hamã, e o anel que tinha dado a esse traidor foi presenteado a Mardoqueu.
Ester, então, implorou para que seu povo fosse salvo do holocausto vindouro.
Apesar de não ter o poder para reincidir o decreto original, Assuero emitiu outro, dando aos judeus o direito de defesa.
Os judeus venceram os inimigos.
A pedido de Ester, os dez filhos de Hamã foram enforcados.
Assuero promoveu Mardoqueu a primeiro-ministro do reino. (Et 7.1--10.3).

Detalhes

Nos anos seguintes, novas revoltas não eclodiriam, então Xerxes passou a dar maior atenção aos preparativos para se atacar os gregos. Ele reuniu um grande exército, convocando homens de todos os cantos do império. Estima-se que o exército persa seria de 200 mil homens, embora que Heródoto e outros historiadores gregos antigos, sugeriram cifras absurdas de mais de 1 milhão de guerreiros. Tal fato se deve que os gregos queriam aumentar ainda mais a vitória que tiveram, alegando que embora os persas possuíssem um gigantesco exército, os gregos eram mais fortes e habilidosos. 
"Heródoto relaciona pelo menos 45 diferentes povos dominados como fornecedores de soldados para a campanha grega de Xerxes. No mínimo doze outros enviaram homens para tomar parte da esquadra persa. Havia vinte e nove divisões de infantaria, incluindo etíopes, com o corpo pintado de vermelho e preto; arqueiros árabes, com suas túnicas finas e grandes arcos presos às costas, e soldados da Trácia, portando gorros de pele de raposa e capas coloridas". 
Inscrição em cuneiforme exaltando a
imagem do rei Xerxes I da Pérsia.
 Tais mensagens eram uma forma de propaganda
 para exaltar a pessoa do monarca
 para seu povo e os estrangeiros.
Xerxes decidiu que iria comandar pessoalmente seu exército, então em 481 a.C seguiu para a Lídia, levando consigo, algumas de suas esposas, concubinas, filhos, irmãos, cunhadas, primos, tios, conselheiros, funcionários, escravos, etc. De fato, cada um dos generais e comandantes poderia levar seus familiares e escravos pessoais. Os historiadores dizem que os persas de certa forma transferiam sua corte quando o rei decidia participar das campanhas militares. Daí, além de seguir o exército de 200 mil guerreiros, mais algumas centenas de pessoas seguiam o exército, eram um cortejo de guerra. Tal ideia era uma forma de o rei mostrar aos povos conquistados o seu poder e prosperidade, e ao mesmo tempo, mostrar a corte e seus familiares e amigos, sua bravura e astúcia no campo de guerra. 


Dados:
Pai: Dário
Esposas: Vasti e Ester (Et 1.9; 2.15-18).
Citado pela primeira vez na Bíblia: Esdras 4.6 (Xerxes em algumas traduções).
Citado pela última vez: Ester 10.3.
Significado do nome: "Poderoso, olho do homem".
Mencionado: 30 vezes.
Livros da Bíblia que citam Assuero: três livros (Esdras, Ester e Daniel).
Cargo: rei do império medo-persa (Et 1.1-3).
Como foi morto: foi assassinado.
Detalhe importante sobre Assuero: casou-se com Ester (Et 2.15-18).

Leia também: ESTER

Fica na paz!
Até a próxima.



7 comentários:

  1. preciso ou queria saber os nomes das127 provincias que ele governo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Por favor...qual é o seu nome?
      Pesquisaremos sobre..e então daremos sua resposta!
      Shalom.

      Excluir
    2. Não conseguimos esses detalhes. Obrigado pela visita, volte sempre!

      Excluir
  2. Maravilhosa historia,que Deus continue te dando graça pra fazer mais postagens sobre as histórias da bíblia.Deus o abençoe.

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de saber aproximadamente quantas pessoas haviam no Reino do Assuero, nessas 127 provincias . Para saber o grande de impacto e de influência que Ester teve .
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo leitor do artigo. Alteramos e incluímos mais detalhes sobre sua pergunta. Acrescentamos o máximo que pudemos obter. Nada mais além, até o momento. Gratos. Volte sempre!

      Excluir

Obrigado por comentar! Fica na paz!
E peço isto: que o vosso amor cresça mais e mais em ciência e em todo o conhecimento,
Para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais sinceros, e sem escândalo algum até ao dia de Cristo;
Cheios dos frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.
Filipenses 1:9-11

Postagem em destaque

E EZRA O ESCRIBA?

EZRA, O ESCRIBA Ezra, o Escriba (Ezra HaSofer) liderou a segunda onda de judeus retornando da Babilônia para Israel. Ele chefiou o rena...