Aprenda Hebraico Online

sábado, 30 de dezembro de 2017

O que é maturidade espiritual?

O autor de Hebreus estava preocupado com a imaturidade espiritual de seu público. Ele queria dar àqueles irmãos um verdadeiro sustento espiritual, mas eles estavam agindo como bebês espirituais que necessitavam de alimentação básica, em vez de profundos ensinamentos; e não estavam atentos à Palavra de Deus. Eles foram cristãos o tempo suficiente para ensinarem outros, mas a sua crescente insensibilidade havia lhes deixado espiritualmente desinteressados. Eles não tinham maturidade para discernir a diferença básica entre o certo e o errado.
Por essa razão, o autor desafiou-os a amadurecer para que ele pudesse apresentá-los as verdades mais profundas acerca da fé (Hb 6.1-3). Assim como em outras partes do Novo Testamento, maturidade em Hebreus tem a ver com a capacidade de discernir a verdade espiritual (1Co 2.6). Os cristãos são exortados a ser maduros em seu pensamento (1Co 14.20). O Copro de Cristo amadurece mediante a capacitação dos cristãos e o conhecimento do Filho de Deus (Ef 4.11-16). O resultado é uma comunidade de fé unida em que o amor e a verdade edificam o Corpo de Cristo.
A maturidade espiritual não vem automaticamente com o tempo, mas com atenção à Palavra de Deus, pondo-a em prática em comunhão com o Senhor dia após dia e com a comunidade da qual se faz parte. E se temos uma comunidade! Caso não tenhamos uma comunidade pela qual é exposta, aos seus membros, todas as Verdade de Deus, busquemos uma vida de união com Cristo baseada em uma comunhão plena através da busca incessante do alimento supridor contido nas Escrituras Sagradas!

Estudando Hebreus 6.7,8
O escritor de Hebreus faz uma analogia à agricultura para explicar algo simples. Quando deus planta e cultiva o evangelho na sua vida e no seu coração, irá produzir maturidade espiritual. Mas, tentações ameaçam contaminar a plantação. Se o campo produzir somente essas ervas daninhas, as irão perder-se, e o campo ficará arruinado.
A vida de um cristão improdutivo cai na condenação de Deus. Você foi regado pela graça do Senhor com um claro e abundante ensinamento e pregação. Que desculpa você poderia dar para ter uma inútil e improdutível vida?
Alimente-se da Verdade de Deus em sua vida para que dê bons frutos. Não se acomode, nem espere só por pregações ou ensinamentos de outros! Busque amadurecer, se alimentando, também, individualmente; principalmente analisando, examinando as Escrituras, isso entre você e o Senhor! Isso envolve remover ervas daninhas de pecado antes que se enraízem e dominem sua vida. Mas, o campo não deve ser simplesmente livre de ervas daninhas; deve ser repleto de boas obras em crescimento. Isso inclui orações, jejuns, louvor espiritual, individualmente. Ninguém mais que você sabe a hora em que seu corpo físico precisa de um alimento mais consistente; assim também é a vida espiritual. Somente você, unido ao Senhor, Autor da vida, poderá proporcionar esse amadurecimento. Não vem de fora, do exterior para o interior. Vem de dentro da sua alma e observado pelo Pai das luzes, Soberano e Senhor. Como a jardinagem, a produtividade de sua vida é um empreendimento cooperativo envolvendo você e Deus.
Precisamos buscar ser CRENTE:
  • Eleito: 1Pe 1.1.
  • Gerado: 1Pe 1.3.
  • Guardado: 1Pe 1.5.
  • Contristado: 1Pe 1.6.
  • Provado: 1Pe 1.9.
  • Santificado: 1Pe 1.18.
  • Resgatado: 1Pe 1.18.
  • Purificado: 1Pe 1.22.

Existem oportunidades para você substituir o pecado com boas obras?
Existem oportunidades para você substituir seu egoísmo e soberba com o desejo de agradar e obedecer ao Senhor?
Não basta crescer!
É necessário, amadurecer!
Pensemos nisso!
Até à próxima!
Fica na paz!

Você vai gostar também de:
CRESCIMENTO ESPIRITUAL